5 dicas de como transportar criança na garupa das motos

Pilotar uma moto requer atenção redobrada no trânsito para evitar acidentes, principalmente em casos de motociclistas iniciantes. E esse risco aumenta ainda mais na hora de transportar criança na garupa, já que se distraem facilmente e, consequentemente, ficam mais sujeitas a cair.

Até por isso, o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) sancionou uma lei no fim de 2020 para que a idade mínima da garupa seja a partir de 10 anos de idade. Antes dessa determinação, as crianças de 7 anos podiam andar como passageira na moto. Falta somente a aprovação do presidente para a mudança ocorrer.

A multa para o motoqueiro que desrespeitar a idade mínima da garupa é de R$293,47, mais 7 pontos na CNH, sendo considerada infração gravíssima. Para evitar multas e até mesmo acidentes, veja 5 dicas de como transportar criança na garupa corretamente.

Instruir a criança

Antes de ligar a moto, o condutor deve orientar a criança de como ela deve se portar na garupa. Esse ensinamento ajuda para o motoqueiro fazer as curvas e a criança ir junto com seu movimento.

crianca-na-garupa

Evitar movimentos bruscos da garupa beneficia para o equilíbrio e a condução.

Equipamentos de segurança

Assim como o motociclista, a garupa também deve usar, como item obrigatório, o capacete. Para realmente proteger é necessário que tenha a numeração correta para a cabeça da criança.

criança-de-garupa-na-moto

O passageiro corre riscos da mesma maneira do condutor, por isso é importante utilizar sapatos fechados, calça, luvas e jaqueta. O perigo da garupa se machucar caso ocorra um acidente, diminui significativamente.

Saiba mais: DPVAT: para que serve o seguro obrigatório que os motoristas pagam? 

Apoio das mãos

Todas as motos têm o suporte para a garupa segurar, mas em situações de transporte de crianças a melhor orientação é pedir para abraçar o condutor. No momento da realização de curvas, elas tendem a se sentir mais seguras e, consequentemente, com menos medo de cair.

crianca-garupa

Sendo assim, o motociclista conseguirá pilotar sem que o peso da garupa o prejudique na condução.

Não acelere muito

Desde o momento de arrancar a moto, não acelere muito e troque as marchas no tempo certo. A aceleração excessiva faz com que a criança possivelmente bata a cabeça no condutor, devido as freadas bruscas, o que acaba prejudicando a estabilidade da moto.

moto-acelerando

Criança no tanque da moto

O transporte no tanque de combustível da moto é proibido pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), sendo considerado uma infração gravíssima, no valor de R$293,47 e com possibilidade do condutor ser processado.

criancas-no-tanque-da-moto

Portanto, a criança só pode ir na garupa sentada no banco.

Assine nossas novidades

    Fique tranquilo, não enviamos spam.
    Tire suas dúvidas