Carros usados e seminovos: descubra a diferença entre os dois

A efetivação do processo de compra é um período de estudos principalmente quando se trata de um carro, até mesmo pelo montante investido. Uma dúvida comum está relacionada com “qual a diferença entre carros usados e seminovos?”. E saber essa questão é importante para adquirir um automóvel que vá atender as expectativas e, consequentemente, evitar problemas futuros.

Os valores podem se assemelhar entre carros usados e seminovos, porém, há uma diferença na questão de utilidade. Para esclarecer essa situação, segue dicas importantes na hora da compra do veículo.

Qual a diferença entre carros usados e seminovos?

Pode até parecer que não há diferença entre ambos, mas o tempo de uso e o quilômetro encontrado no painel caracterizam os carros usados e seminovos. Portanto, os veículos usados têm mais de 60 mil km rodados, já tiveram pelo menos 2 donos e passou de 3 anos de uso.

Já os carros seminovos são veículos que não chegam a 20 mil km rodados, não passe de 3 anos de fabricação e teve somente um único dono. Em relação aos valores, os carros seminovos são mais caros, porém, seu tempo de duração será bem maior comparado aos carros usados.

Como escolher o carro ideal na hora da compra?

Mesmo que os carros seminovos sejam mais recomendáveis é importante sempre avaliar os detalhes de uso e as condições gerais. Além disso, outro ponto a se destacar refere-se ao documento do veículo, algo fundamental e que é possível verificar junto ao site do Detran.

No portal da CheckAuto também há a possibilidade de realizar um check-up/ print para saber tudo sobre o carro, inclusive se tem alguma restrição judicial. Para fazer esse procedimento, o motorista deve pagar uma taxa de R$48,90.

print-de-carro

Um fator que pode ser determinante para as pessoas escolherem os veículos seminovos é devido ao fato de a quilometragem ser mais baixa. Mas nem sempre a quilometragem marcada no painel condiz com a quantidade de rodagem do veículo, porque há donos que, agindo de má fé, voltam a quilometragem.

Se possível, leve a um mecânico de confiança para que seja feito uma avaliação e com essa aprovação a possibilidade de fechar negócio é mais propensa. Realizando essas checagens, será mais fácil de saber o melhor carro na hora da realização da compra.

Assine nossas novidades

Fique tranquilo, não enviamos spam.
Tire suas dúvidas