Saiba seus direitos em caso de incidentes por danos da natureza

Devido o ciclone que atinge as regiões do Brasil, a probabilidade do aumento de acidentes no trânsito cresce ainda mais, principalmente por danos da natureza.  Até então, Santa Catarina e Rio Grande do Sul foram as regiões no país mais atingidas por esse fenômeno. Por isso, a população das cidades do Sul deve ficar com atenção redobrada e, se possível, evitar de sair de casa.

Caso contrário, dirija conscientemente, não conduza o veículo em vias com engarrafamento e alagadas. Essas situações são de suma importância para não haver transtornos e perdas. Do mesmo modo, o dono do carro tem que se preocupar também com seu veículo e mantê-lo assegurado.

E antes de fechar a contratação de um seguro cooperativo, observe se não está descrito somente cobertura de furtos e roubos. Abaixo detalhamos os danos da natureza que os seguros cobrem, em caso da contratação desse tipo de incidente.

Saiba mais: Insulfilm no carro realmente é proibido? Descubra o limite permitido

1- Queda de árvores, postes ou muros

Nos contratos fornecidos pela associação de seguros consta a cobertura desses incidentes, segundo a Fenseg. Porém, antes da indenização ocorrer, será analisado se o motorista não teve responsabilidade por tal ato, como por exemplo, ter se arriscado e insistir em dirigir em vias alagadas.  Nesse caso, o associado da proteção veicular pode perder parte ou totalmente o valor do conserto do veículo.

2- Garagens subterrâneas

Em situações de enchentes, o seguro de carro cobre independentemente se o veículo ficou totalmente submerso a água ou somente uma parte. Nesse caso, inclui-se também garagens subterrâneas. A seguradora verificará se há condições de conserto ou não, se o valor ficar 75% acima do valor contratado, descarta essa possibilidade e considera-se que o veículo teve perda total e o assegurado receberá de acordo com preço de tabela FIPE do carro.

3- Qual a média de conserto do veículo alagado?

A média do conserto de um veículo que se envolve em incidentes de enchentes é de R$2.000,00 a R$10.000,00, segundo um estudo feito pela Bidu Seguros em janeiro de 2020. Portanto, além do valor alto, o dono do veículo se arrisca em perder o seguro veicular, causar pane geral e ter que ficar sem carro até 2 meses.

Assine nossas novidades

Fique tranquilo, não enviamos spam.
Tire suas dúvidas