Fiat não vai fabricar mais carros com motor 1.8 no Brasil

Os famosos carros com motor 1.8 da Fiat serão extintos no Brasil, portanto, veículos como Doblô, Toro e Argo não terá mais as versões desses modelos. Apesar do sucesso em vendas, a montadora decidir optar por não fabricar os motores 1.8 visando a emissão de poluentes.

No dia 1° de janeiro entra em vigor a fase L7 do Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículo Automotores (Proconve), com objetivo de restringir os ruídos e emissões de poluentes.

Todavia, isso não será um problema para a montadora, já que os veículos com motores 1.0 turbo de três cilindros oferecem os números de potência parecidos com 1.8 aspirado.

Para se ter uma ideia, o motor 1.0 turbo tem 130cv se aproximando de 139cv de Toro, Argo e Cronos, além de 132cv do Doblô. Ainda assim, o novo modelo é considerado melhor, com 20,4 kgfm para 1700rpm, contra 18,9 kgfm para 3750rpm do motor 1.8.

Saiba mais: 7 carros que marcaram os anos 2000 e nós ainda amamos

45 anos da Fiat: confira 5 carros que fizeram sucesso no Brasil

História dos carros com motor 1.8 da Fiat

motor-da-fiat-1.8

A Fiat lançou o motor 1.8 E.torQ em 2010, mas sua história inicia vem antes desse período, em parceria com a BMW e a Chrysler, nos anos 1990. Até 2007, as produções das unidades de 1,4 e 1,6 eram realizadas na fábrica de Campo Largo (PR).

Com a união sendo desfeita e o local de produção fechado, a Fiat teve que comprar a fábrica e a tecnologia adotada pelas outras montadoras. Foi então, que a partir daí surgiu o novo nome E.torQ, utilizados em grande partes dos veículos da marca italiana.

Primeiramente, o motor 1.6 deixou de ser produzido e o 1.8 adotou novas atualizações, com mais potência, torque e economia de combustível. Dessa vez, a montadora optou pela retirada do 1.8, ao menos no Brasil.

Quais carros deixarão de ser produzidos pela Fiat?

Com o fim do motor 1.8, o Doblô, um dos veículos mais antigos da Fiat deixará de ser produzido no Brasil. O carro lançado em 2001, já sofria uma queda de vendas e, em novembro, foram emplacados somente 12 exemplares, de acordo com a Fenabrave.

Além do Doblô, a Fiat deixará de produzir Toro Endurance 1.8, Argo HGT e Trekking 1.8 e Cronos Precision e HGT 1.8.

Assine nossas novidades

    Fique tranquilo, não enviamos spam.

    Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nossa plataforma e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo nosso site, você nos autoriza a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.