Motorista pode levar multa por conta do suporte de celular no carro?

A utilização do suporte de celular se tornou um item fundamental, principalmente para os motoristas de aplicativo. A utilidade do equipamento auxilia para verificar a localização do passageiro com mais praticidade.

Como certos veículos não possuem a central multimídia instalada, que seria uma forma de olhar o GPS na tela, a opção para chegar ao local de destino é por meio do smartphone. Nesse caso, utiliza-se o suporte para facilitar a visualização.

Suporte de celular no carro é proibido?

suporte-telefone

A utilização do suporte de celular não infringe nenhuma lei do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), portanto, o uso do equipamento não é proibido. Porém, caso o agente de trânsito note que o motorista está mexendo no telefone durante a condução do veículo, a infração será considerada gravíssima, com 7 pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e valor de R$293,47.

Para não ser autuado, é necessário estar com as duas mãos no volante e não caracterizar direção perigosa. Contudo, o acessório não deve ficar muito próximo ao painel para não comprometer a condução do veículo.

Caso descumpra tal situação, o motorista comete infração grave, com multa no valor de R$130,15 e 4 pontos na CNH.

Quantos pontos o condutor pode ter na CNH?

De acordo com a lei implementada no dia 12 de abril de 2021, durante o período de 12 meses o motorista pode ter, no máximo, 40 pontos. Porém, a condição atual só é válida se não houver nenhuma infração gravíssima.

O limite de pontos diminui para 30 pontos, caso tenha uma infração gravíssima. Todavia, se ultrapassar 2 infrações ou mais, será 20 pontos.

Dessa forma, se o condutor for pego utilizando o celular mais de uma vez será considerada a lei antiga, não podendo exceder os 20 pontos. Por isso, o motorista deve colocar a localização somente com o veículo parado, para que não seja, possivelmente, autuado.

Assine nossas novidades

    Fique tranquilo, não enviamos spam.

    Tire suas dúvidas