Quais os procedimentos tomar após uma colisão entre veículos?

Dirigir nas vias atualmente o condutor exige atenção redobrada no trânsito, de forma a evitar possíveis acidentes. Nesse sentido, essa é uma forma de ter direção defensiva e não haver colisão entre veículos.

Para se ter uma ideia, entre 2007 e 2018, foram mais de 500 mil óbitos devido à falta de atenção no trânsito. Contudo, essa é a maior causa de acidentes nas vias no Brasil, segundo informações do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA).

No momento do desespero, o motorista fica sem saber qual atitude tomar em caso de colisão. Por isso, há procedimentos corretos a se tomar em situações de acidentes.

Saiba mais: Confira 5 manutenções básicas com o carro antes de levar ao mecânico

Proteção veicular x seguro automotivo: você sabe qual a diferença? 

Veja o que fazer em caso de colisão entre veículos

Os motoristas que se envolvem em batidas no trânsito devem adotar as seguintes medidas, para não causar outros acidentes e evitar multas:

  1. Sinalizar a via

batida-entre-carros

Em caso de colisão, o condutor deve pensar na sua segurança, ligar o pisca-alerta e sinalizar a via, de preferência com o triângulo. Se possível, colocar galhos com folhas em uma distância em torno de 30 metros do acidente.

Todavia, caso não faça esses procedimentos, o motorista estará cometendo infração por obstruir o trânsito e comprometer a segurança de outros veículos. Portanto, será considerada  média, com 4 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e valor de R$130,16.

  1. Prestar socorro à vítima

prestar-socorro

O segundo passo é verificar se houve algum ferido no acidente, para chamar o Samu (192) ou Corpo de Bombeiros (193). Não deve-se retirar a vítima do veículo ou tirar da posição, já que o procedimento deve ser feito por um profissional da área.

Se o socorro não for prestado, o motorista poderá sofrer processo penal, levar multa gravíssima no valor de R$1467,35 e ter a CNH cassada.

  1. Conversar com o outro motorista

colisão

Dependendo das condições do outro condutor, o correto é tentar conversar para resolver as questões do acidente e definir como será arcado os prejuízos. Dessa forma, de maneira nenhuma, o motorista deve se esquecer de tirar fotos da colisão e, se possível, da CNH do envolvido na batida.

  1. Fazer o boletim de ocorrência

boletim-de-ocorrencia-colisao

O boletim de ocorrência (B.O) pode ser feito na delegacia ou via internet. A recomendação é principalmente para caso haja processo judicial e indenização.

  1. Acionar a associação de proteção veicular

acionar-protecao-veicular

Após toda a parte burocrática, a última conduta é ligar para a proteção veicular, relatar o acontecimento e acionar a assistência 24 horas para o automóvel ser rebocado.

Se o envolvido tiver cobertura para terceiros é necessário informar quando fizer o acionamento, para que o conserto seja feito em ambos os veículos.

Assine nossas novidades

    Fique tranquilo, não enviamos spam.

    Tire suas dúvidas